terça-feira, 27 de novembro de 2007

Meu primeiro pão!


Isso mesmo, foi o primeiro pão que eu fiz! E me atrevi a fazer um integral, que eu o maridinho adoramos.

Eu sempre tive medo de trabalhar com massas, todas as minhas tentativas com massas de tortas e afins foram frustradas e eu acreditava que realmente tinha duas mãos esquerdas, sem jeito nenhum para a coisa e desisti.

Mas ao ler tantas receitas de pães nos blogs e ver que todos ficaram maravilhosos e suas donas se dizem tão satisfeitas, resolvi que era minha vez. Queria sentir essa emoção (Parece comercial da Coca Cola..rsrsrsrs).

Foi incrível, mas nesse dia eu estava nas andanças pelos blogs amigos e vi que a Letrícia do No Calor do Fogão tinha postado o Pão integral sem traumas. Não tive dúvidas e no sábado à tarde pus as mãos na massa. segui a receita à risca, sem tirar nem pôr nada, sou muito obediente com esse tipo de receita. Separei todos os ingredientes, deixei o leite morninho, como manda a receita, mas confesso que ainda estava apreensiva, mas já estava me preparando para a decepção ou comemoração.

Segui também a dica que ela dá de colocar uma bolinha da massa em um copo com água quando a massa tem que crescer. A bolinha vai afundar, mas quando subir significa que já cresceu o suficiente. Minha mãe e minha tia sempre fizeram isso e os pães sempre deram certo. Por que eu seria diferente?

A cada etapa que dava certo eu comemorava e chamava o maridinho: -Olha, vem ver que legal!

Parecia criança, mas fiquei realmente empolgada quando tirei do forno e passei aquela manteiguinha especial, que derreteu no pão. E estava muito macio, maravilhoso!

Boas experiências estimulam e já quero fazer uma fornada para levar pra Londrina no fim de semana pra mostrar pra mamãe como estou ficando prendada!


* A receita é pequena, ideal para casal!


Pão integral


Ingredientes:

150 g de farinha de trigo

150 g de farinha de trigo integral

2 colheres (chá) de fermento biológico seco instantâneo

2 colheres (sopa) de açúcar

220 ml de leite morno

1 colher (chá) de sal

20g de margarina de uso culinário derretida (Usei manteiga em temperatura ambiente)


Modo de preparo:

Numa tigela, peneire as duas farinhas e misture-as bem.

Em outra tigela, adicione o leite, o açúcar e o fermento, mais um punhado da farinha que você peneirou. Misture bem e deixe que o fermento aja um pouco (no máximo cinco minutos).

Misture o sal às farinhas, faça uma cova no meio e adicione nessa cova a manteiga e o líquido fermentado, incorporando os ingredientes aos poucos com os dedos. Agora, dê o ponto na massa, amassando-a bem. Talvez você precise de um pouco mais de farinha (eu precisei). Não exagere – 50 g são suficientes. Quando a massa estiver desgrudando das mãos, forme uma bola com ela, cubra com filme plástico e deixe crescer em lugar abafado até dobrar de volume. Depois de crescida, a massa precisa perder todo o gás que acumulou. Dê uns socos nela para extrair o ar, divida em bolinhas (eu dividi em 9) e modele-as como desejar (eu fiz bisnaguinhas) e disponha-as em assadeira untada e enfarinhada. Cubra com um pano de prato ligeiramente úmido e deixe crescer novamente, até dobrar de volume. E aproveite para ligar o forno a 190°C. Leve os pães para assar por uns 20 minutos ou até que fiquem levemente corados.

17 comentários:

Cláudia disse...

Juliana, ficaram lindos os seus pãezinhos. Me diverti também com o seu comentário na Cinara, "butter amoleceitor" numas postagens antigas dela sobre produtos, eu também lembrei dos produtos tabajara e brinquei com ela!

Temos mais uma coisa em comum, também tenho medo de fazer coisas de massa. Faço pão só na máquina. Preciso me aventurar!

Só que eu só canhota, viu?
Tenho duas mãos Direitas (hehe)!

LARISSA! disse...

eeeeeeeeee PARABÉNS!!!
VIVA O PRIMEIRO PÃO!!!
faz dias que to ensaiando um pãozinho!!!
essa receitinha me inspirou!!!
beijo

pipoka disse...

Este seu post é uma incentivo para eu me aventurar na feitura de pão. Eu também tenho a mania de que não tenho mão para as massas.

bj

Laurinha disse...

Parabéns!!! Copiando a Nina, o 1º pão a gente nunca esqueçe!!!
Tb adoro fazer pães!
Beijinhos,

Carla Ventura disse...

Eu amo fazer pão. Antes eu tinha medo de mexer com esse tipo de massa. Mas depois vira mania, vc vai ver! Ficaram lindinhos. :)

Eliana Scaramal disse...

Que lindos!! Eu adoro fazer pão. :)

risonha disse...

parabéns pela sua primeira vez... normalmente a primeira custa, mas depois até já se acha muito fácil... rsrsrs
ficaram lindos os pães

Letrícia disse...

Juliana, que bom que deu certo com você também! E esse pãozinho é um absurdo de bom. Parabéns! Beijos!

Sheila disse...

Ju,
eu te entendo amiga... tbm já sofri muito (e sofro) com pães...
consegui dia desses fazer um que ficou ótimo, aí a gente fica se sentindo neh? huahauhauhaua

Parabéns, estão lindões =)

ps: peguei sua receita do bolo de fubá com creme ok? Tá maravilhoso!!!!

COZINHAR COM OS ANJOS disse...

amei os pãosinhos....estão lindos....beijinhos doces

Pimpona by Nacos & NOC's disse...

Gosto imenso de pão caseiro! E este que você fez está uma verdadeira delícia!
Beijinhos

lunalestrie disse...

Ju, fazer pão é uma delícia pra mim, tomara que você se empolgue. Lá pro terceiro pão a gente acaba viciando. Parabéns pelo primeiro. :)

Joaninha disse...

É tão bom quando as coisas correm bem :))), não há nada mais triste na cozinha do que fazermos as coisas com amor e carinho e chegar ao final e sair tudo torto!
Estes seus pãezinhos ficaram lindos, parabéns!
Bjokas :)

Nani do Paulo disse...

É tão bom quando fazemos algo pela primeira vez e dá certo!
Eu nunca fiz pão integral, parabéns! Lindo e imagino como devem ter ficado maravilhosos!
Beijos

Iáscara disse...

Nossa... miga, tá bombando de comentários!! Eu tb não gosto de fazer massa... sei lá, parece que com o menor descuido tudo dá errado, igual doce, tb não gosto, acho que é pq não sei, aí tenho medo de errar e além de perder um tempão e perder os ingredientes, ficar frustrada pq o negócio não deu certo!
Beijos!

Anônimo disse...

Juliana, adorei seu site.
Com certeza farei a receita das batatas pq tb adorei além das outras receitas.
Parabéns!
Depois passo por aqui para contar como ficaram as batatinhas ao forno da juliana... rs
bjs
marisa

Vivian disse...

Eu também morro de medo de fazer pão. Todos que tentei deram errado!! Vou tentar fazer esse no final de semana!